Topo
Blog Menu do Dia

Blog Menu do Dia

Categorias

Histórico

Conhece a couve kale? É proteica, rica em cálcio e pobre em calorias

Luciana Mastrorosa

14/09/2019 04h00

Crédito: iStock

A couve kale, também chamada de couve-de-folhas, virou moda nos Estados Unidos e Canadá há alguns anos. Por aqui, ainda é um vegetal mais difícil de encontrar, porém alguns produtores já vêm se dedicando ao seu cultivo e chefs e nutricionistas utilizam mais e mais seu potencial não apenas em termos de sabor, mas também de benefícios.

A kale é parecida com a nossa couve-manteiga, porém tem as folhas bem mais escuras, duras e crespas. Embora tenha essas características, seu sabor é neutro, podendo ser servida crua ou cozida, em pratos variados. É uma hortaliça pobre em calorias e rica em proteínas, fibras, vitaminas e minerais. Pela abundância de fibras, é benéfica para os que sofrem de prisão de ventre e também para manter o bom funcionamento intestinal em indivíduos saudáveis. Além disso, promove a sensação de saciedade, ajudando os que estão em dietas de emagrecimento.

Suas folhas são fontes de vitamina C, um antioxidante natural, prevenindo o envelhecimento precoce e ajudando a fortalecer o sistema imunológico. Fornecem ainda uma boa quantidade de vitamina A, que favorece a visão; de vitamina K, que atua melhorando a coagulação sanguínea e fortalecendo a saúde dos ossos; e também fornecem bastante folato, ou ácido fólico, particularmente benéfico para as mulheres que estão tentando engravidar, pois ajudam na formação do tubo neural do bebê.

Em termos de minerais, é uma hortaliça rica em cálcio, fósforo, magnésio e potássio. Associado ao fato de conter bastante proteína para uma verdura, seu consumo é particularmente bom para os que seguem dietas vegetarianas e veganas. O cálcio e o fósforo ajudam a proteger os ossos e dentes, enquanto o magnésio é um mineral essencial para o metabolismo e o potássio é importantíssimo para os hipertensos e os que praticam atividades físicas intensas ou trabalhos extenuantes, que fazem suar muito.

Como usar a kale na cozinha

O uso mais básico da couve kale é como salada. Bem lavada, higienizada e seca, entra como base para o preparo de saladas completas, que podem valer por uma refeição. Provei recentemente a salada de kale com quinoa do restaurante Greentable, focado em alimentação saudável e sustentável. Na mistura da casa, a base de kale é servida com castanha de caju, cebola caramelizada, abóbora assada, semente de romã, quinoa cozida e molho de tahine (pasta de gergelim), uma sugestão que pode ser reproduzida em casa, com ingredientes simples e acessíveis.

Por suas folhas serem bem firmes, a kale pode ser picada com as mãos e frita em óleo bem quente, para ser servida na forma de chips. É uma maneira gostosa de oferecer um petisco saudável para crianças ou nos encontros com amigos. Basta fritar rapidamente as folhas em óleo quente, secá-las em papel absorvente e temperá-las com sal, pimenta-do-reino e especiarias – o curry fica delicioso para temperar os chips de kale.

Também pode entrar em pratos principais, refogadas simplesmente em alho e cebola com azeite de oliva. Esse refogado pode ser usado para compor tortas, quiches ou mesmo complementar uma massa recém-cozida, com pedaços de queijo, tomates salteados, castanhas picadas e um punhado de parmesão ralado. Se gostar, prepare um pesto fresco e saudável com as folhas da kale trituradas no processador ou liquidificador com azeite, nozes, parmesão, sal, pimenta-do-reino e um dente de alho. Use esse pesto como molho de massas ou servidos sobre torradas e fatias de pão tostado, como aperitivo. Por fim, gosto de usar a kale também para fazer bolinhos simples, com um pouco da verdura temperada e refogada misturada a um ovo, 1 xícara de farinha de trigo, um pouco de leite, salsinha picada e queijo ralado. Basta fritar às colheradas no óleo quente, escorrer em papel absorvente e servir. Se for a uma feira de produtores, procure por essa couve e prove, depois me conta o que achou.

Você já provou a couve kale? O que achou? Conte para mim, estou no Instagram, me adicione por lá.

Sobre a Autora

Luciana Mastrorosa é apaixonada por escrever, cozinhar e comer. Jornalista especializada em gastronomia e pesquisadora da área de alimentação, passou pelos principais veículos do país. Formada no Le Cordon Bleu Paris e Université de Reims Champagne-Ardenne, atualmente cursa o Mestrado em Nutrição Humana Aplicada, na Universidade de São Paulo. É autora do livro Pingado e Pão na Chapa - Histórias e Receitas de Café da Manhã (editora Memória Visual) e do e-book "Natal Feliz - 30 Receitas Incríveis para a Sua Ceia".

Sobre o Blog

Menu do Dia é o blog de culinária, receitas, gastronomia e nutrição, da jornalista e pesquisadora Luciana Mastrorosa. Aqui, você vai encontrar notícias, reflexões, receitas, degustações e muito mais sobre uma das melhores coisas da vida: comer.

Mais Blog Menu do Dia