PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Categorias

Pouco calórica, acelga é barata, versátil e rende muito, veja como fazer

Luciana Mastrorosa

02/04/2020 04h00

Crédito: iStock

Uma das verduras que mais rendem e têm ótimo preço é a acelga, também conhecida como couve-chinesa. É uma hortaliça de folhas grandes, com a cor que varia do verde ao branco. De folhas compridas e sobrepostas, como as do repolho, a acelga tem uma crocância muito agradável e sabor delicado.

Com uma boa quantidade de fibras e sais minerais, a acelga é muito nutritiva e tem a vantagem de ser pouco calórica, com apenas 21 calorias em 100 gramas. Isso é ótimo para quem está em dietas de emagrecimento, pois a acelga dá uma sensação de saciedade, é crocante, refrescante, e combina tanto com preparos quentes como frios.

É rica em potássio, favorecendo quem tem hipertensão e ajudando a controlar a pressão arterial. Também apresenta boa quantidade de cálcio e fósforo, que ajudam na manutenção dos dentes, e magnésio, que atua positivamente sobre o metabolismo. Apresenta ainda vitamina C, que age como antioxidante, evitando o envelhecimento precoce e ajudando a desinflamar o organismo e a manter o sistema imunológico em dia. Para obter o benefício desta vitamina, o melhor é consumir a acelga crua.

É uma fonte ainda de vitamina K, que atua na coagulação sanguínea, e de carotenoides, precursores de vitamina A, que ajudam na manutenção dos olhos e visão. Outra vantagem dessa verdura é a presença de ácido fólico, ou folato, que é excelente para as mulheres que planejam engravidar, pois ajuda na formação do tubo neural do bebê.

Acelga no dia a dia: alto rendimento

Além de ser deliciosa, a acelga também dura muito tempo, desde que bem conservada. O ideal é remover as folhas externas e lavar, folha por folha, depois higienizar em solução com hipoclorito (observando as instruções do fabricante), lavar novamente, secar e guardar em geladeira, em recipiente bem fechado.

Feito isso, a acelga pode durar mais de uma semana, pronta para consumir. E o melhor: como as folhas são enormes, e o pé costuma ser grande e farto, dá para usar a acelga em muitos preparos diferentes, para a família toda.

Gosto de prepará-la principalmente como salada, cortando as folhas e talos em fatias finas. Combina com molhos simples ou mais rebuscados, como azeite, sal, pimenta e suco de limão, ou com toques orientais, como gotas de shoyu (molho de soja, que entra como substituto do sal), óleo de gergelim torrado e um pouco de vinagre de boa qualidade. Se gostar, pode adicionar pitadas de pimenta calabresa em flocos, fica delicioso.

Para os fãs de alho, vale acrescentar esse tempero de personalidade, bem picadinho e ligeiramente dourado no azeite, sobre as folhas cruas. Além disso, combina com molhos de mostarda e mel e fica ótima junto com outros legumes fatiados finamente, como cenoura, tomate, pimentão, cebola… Lembrando que o alho, assim como a cebola, ajudam a melhorar a imunidade, excelente para os tempos atuais.

Dentre os pratos quentes, a acelga pode ser usada para fazer lasanhas (entrando no lugar da massa) ou rolinhos recheados. Nesse caso, vale branquear as folhas, ou seja, colocá-las por 1 minuto em água fervente e, em seguida, na água gelada. Dessa forma, as folhas ficam maleáveis e você pode usá-las para montar as camadas da lasanha, com o recheio e molho de sua preferência, ou rechear as folhas com carne moída bem temperada, frango desfiado com legumes e azeitonas, queijo, presunto e tomate picadinhos, etc. Se preparar os rolinhos, pode cobrir tudo com um molho gostoso de tomate e levar ao forno, coberto com queijo, para gratinar.

Além disso, a acelga também é excelente para complementar sopas, ensopados, risotos e cozidos de carnes. Nesse caso, adicione a verdura crua, previamente picada, apenas no final do preparo, para que mantenha a crocância.

Outro uso interessante e muito simples é refogar a acelga com um pouco de alho picado dourado em azeite de oliva. Depois que as folhas murcharem levemente, adicione gotas de limão e, se gostar, uma pitada de pimenta-do-reino moída na hora e um punhado de queijo ralado. É um acompanhamento simples e muito saboroso para frango, carne, peixe e porco. Pode acrescentar pedacinhos de bacon ao refogado, se gostar, no lugar do queijo. Os sabores harmonizam muito bem!

Refogada com alho, azeite e bacon, como disse acima, pode servir como base para recheio de tortas. Adicione outros legumes de sua preferência, como tomatinhos picados, azeitonas, palmito, refogue tudo junto e recheie a torta com essa mistura fria. Para dar liga, se gostar, adicione ovo batido com um pouco de leite ou creme de leite, temperado com sal e pimenta-do-reino. Só levar ao forno e esperar a massa dourar.

E, quando for preparar picadinhos de carne, adicione um bom punhado de acelga ao final do preparo, mantendo no fogo apenas até murchar. É um prato completo, cheio de legumes, com muitas vitaminas e minerais, e que complementam muito bem as proteínas da carne. Servido com arroz branco soltinho e farofa, não precisa de mais nada.

Por fim, vale lembrar que a acelga também é uma excelente base para conserva. Não por acaso, é muito usada para fazer kimchi, um prato tradicional coreano, muito apimentado, ácido e delicioso. Se você já prepara conservas caseiras, vale tentar com essa verdura rica em nutrientes.

E você, gosta de acelga? Conte para mim sua forma de preparo favorita! Estou no Instagram, me adicione por lá.

Sobre a Autora

Luciana Mastrorosa é apaixonada por escrever, cozinhar e comer. Jornalista especializada em gastronomia e pesquisadora da área de alimentação, passou pelos principais veículos do país. Formada no Le Cordon Bleu Paris e Université de Reims Champagne-Ardenne, atualmente cursa o Mestrado em Nutrição Humana Aplicada, na Universidade de São Paulo. É autora do livro Pingado e Pão na Chapa - Histórias e Receitas de Café da Manhã (editora Memória Visual) e do e-book "Natal Feliz - 30 Receitas Incríveis para a Sua Ceia".

Sobre o Blog

Menu do Dia é o blog de culinária, receitas, gastronomia e nutrição, da jornalista e pesquisadora Luciana Mastrorosa. Aqui, você vai encontrar notícias, reflexões, receitas, degustações e muito mais sobre uma das melhores coisas da vida: comer.

Blog Menu do Dia