Topo
Blog Menu do Dia

Blog Menu do Dia

Categorias

Histórico

Faça gelatina em casa, mais saudável e sem conservantes nem corantes

Luciana Mastrorosa

2009-05-20T19:04:00

09/05/2019 04h00

Crédito: Tatiane Silva/Istock

Gelatina é um dos doces mais oferecidos às crianças, tanto pela textura e sabor doce quanto pela cor chamativa. Porém, as opções oferecidas nos mercados são, em geral, repletas de corantes, adoçantes e flavorizantes artificiais, com zero ou muito pouca fruta.

Usando gelatina em pó sem sabor ou ágar-ágar, é possível preparar essa sobremesa em casa com sucos de frutas e uma quantidade pequena de açúcar para trazer o sabor doce. O alimento vem do colágeno extraído de animais, de partes como ossos e cascos, por isso oferece proteína, nutriente fundamental para a manutenção do organismo.

No caso das industrializadas, apresenta também um alto teor de carboidratos, pela adição de açúcar. Quando preparada em casa, além da vantagem de não conter aditivos artificiais, ela oferece ainda os nutrientes contidos nos sucos naturais usados na receita. Suco de uva concentrado, de goiaba, maracujá, manga ou outras frutas ficam ótimos preparados na forma de gelatina, e contribuem não apenas com vitaminas e minerais, como também com os antioxidantes contidos nas frutas.

O ágar-ágar é extraído de uma alga, por isso é uma alternativa para os vegetarianos, já que a gelatina é obtida de fonte animal. Esse tipo de gelificante é rico em vitaminas e minerais e ainda possui propriedades desintoxicantes, além de conter fibras, o que favorece os intestinos. Abaixo ensino a usar as duas gelatinas para você preparar sobremesas mais leves e saudáveis, mas também rápidas de fazer:

Gelatina de frutas

A gelatina obtida do colágeno animal tem a propriedade de endurecer depois de resfriada. Para fazer a sobremesa caseira, use gelatina em pó incolor, em pó ou em folhas. É preciso hidratar a gelatina em água gelada antes de aquecê-la ligeiramente (sem deixar de passar de 60ºC, apenas o suficiente para derreter, mas sem ferver). Você pode derreter a gelatina também no micro-ondas. Assim que ela estiver hidratada e derretida, é só misturar com o suco de frutas desejado. Gosto de usar suco de uva bem concentrado, água de coco com manga, maracujá com hortelã e outras misturas. Vale até sucos de vegetais, como beterraba e cenoura, que trazem uma cor ainda mais bonita ao preparo.

Adicione açúcar (costumo usar o orgânico) ao suco, se necessário, o suficiente para ficar doce, mas sem exageros. Misture bem o suco com a gelatina, mexa delicadamente e coloque em forminhas. Leve à geladeira até firmar bem. Você pode incrementar a gelatina caseira com outros ingredientes, como leite de coco, creme de leite, frutas em pedaços, folhinhas de ervas frescas, etc. Dá para usar a gelatina incolor também em outras receitas, como mousses e flans, ou mesmo em preparos salgados. Para fazer a gelatina simples, com suco de frutas, use a proporção de 1 litro de líquido para 2 saquinhos de gelatina incolor (cerca de 30 gramas).

Ágar-ágar, gelatina vegetal

Diferentemente da gelatina extraída de tecido animal, o ágar-ágar gelifica em temperatura ambiente, não necessitando de geladeira para endurecer. Porém, nesse caso o suco deve ser misturado ao pó e levado ao fogo para aquecer até levantar fervura. Depois é só colocar nas forminhas e deixar esfriar. Pode-se adicionar pedaços de frutas ou outros ingredientes para incrementar a sobremesa.

A gelatina feita de ágar-ágar tem uma textura diferente da gelatina comum e o resultado final também é menos brilhante e mais opaco. Porém, dependendo da quantidade de alga utilizada, dá até para cortar a gelatina em pedaços. Para fazer a gelatina de ágar-ágar com textura macia e delicada, use uma proporção de 500 ml de suco concentrado e adoçado para 2 colheres (chá) da alga em pó (cerca de 4 g, a quantidade que geralmente vem num sachê).

Você costuma fazer gelatina em casa? Qual o seu sabor favorito? Conte para mim! Estou no Facebook e também no Instagram.

Sobre a Autora

Luciana Mastrorosa é apaixonada por escrever, cozinhar e comer. Jornalista especializada em gastronomia e pesquisadora da área de alimentação, passou pelos principais veículos do país. Formada no Le Cordon Bleu Paris e Université de Reims Champagne-Ardenne, atualmente cursa o Mestrado em Nutrição Humana Aplicada, na Universidade de São Paulo. É autora do livro Pingado e Pão na Chapa - Histórias e Receitas de Café da Manhã (editora Memória Visual) e do e-book "Natal Feliz - 30 Receitas Incríveis para a Sua Ceia".

Sobre o Blog

Menu do Dia é o blog de culinária, receitas, gastronomia e nutrição, da jornalista e pesquisadora Luciana Mastrorosa. Aqui, você vai encontrar notícias, reflexões, receitas, degustações e muito mais sobre uma das melhores coisas da vida: comer.