PUBLICIDADE

Topo

Miniguia da feira perfeita: como escolher hortaliças e frutas sem errar

Luciana Mastrorosa

28/09/2020 04h00

Crédito: iStock

Em um momento em que o Guia Alimentar para a População Brasileira (segunda edição, 2014), que prega um maior consumo de "comida de verdade", principalmente os minimamente processados, como verduras, legumes e frutas, está sob ataque, é sempre importante lembrar que esses ingredientes são fundamentais para a manutenção da saúde e para prevenir as doenças crônicas não transmissíveis, como hipertensão, diabetes e câncer.

E um dos melhores lugares para adquirir esses produtos ainda são as feiras livres e feiras de pequenos produtores, onde se encontra o que está na época, com preços melhores e mais fresquinhos.

Deixo algumas dicas abaixo para não errar na hora de escolher hortaliças e frutas e para aproveitar ao máximo esses ingredientes:

Verduras de todo tipo

A Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo) traz uma tabela online e gratuita para orientar as escolhas dos consumidores de acordo com o que está na época. Dá para baixar e consultar aqui.

Isso ajuda muito a saber, de antemão, o que esperar encontrar de mais fresco e mais barato na feira. Algumas verduras, como alface, escarola, brócolis, couve-flor e couve costumam ser facilmente encontradas durante todo o ano. O importante, na hora de comprar, é verificar o frescor das folhas. Verduras murchas, com pontinhos amarelos ou esmaecidas devem ser evitadas.

Sempre que puder, peça para manter as folhas de itens como couve-flor e brócolis. Além de serem deliciosos, podem ser usados em refogados, sopas e ensopados, como se fossem as folhas da couve. Só verifique se estão em perfeitas condições de uso, sem estarem amassadas ou danificadas demais.

E, nunca é demais lembrar, procure sempre lavar, higienizar e secar as verduras assim que chegar em casa, especialmente as de folhas, como alface, escarola, rúcula, etc. Assim elas duram mais tempo e ficam prontas para usar na hora que quiser.

Aproveite as verduras de época, como a catalônia, a erva-doce com rama, as endívias… Importante sempre variar nos tipos de verduras consumidos, assim você garante um aporte diferente de fibras, água, minerais e vitaminas.

Legumes, raízes, tubérculos

A variedade de hortaliças é imensa nas feiras. Além dos produtos mais comuns, como cenoura, batatas, etc., vale ficar de olho nos legumes, raízes e ingredientes que sejam desconhecidos para você. Em algumas épocas, por exemplo, dá pra encontrar ervilhas frescas, que são deliciosas e muito diferentes daquelas em conserva.

Também é possível encontrar itens mais comuns em outras culinárias, como a bardana, que é deliciosa refogada e faz superbem à saúde.

Além disso, aproveite ao máximo o frescor dos ingredientes. Cenouras, beterrabas e rabanetes, por exemplo, podem ser encontrados com ou sem rama. Aqueles que vêm com as ramas, ou seja, as folhas, costumam ser bem mais frescos e com sabor melhor.

Quando for comprar raízes, como mandioca, mandioquinha, cará e inhame, evite as que têm partes moles ou que apresentem fungos. A mandioquinha é bastante delicada e estraga muito rápido. Evite as que já vêm acondicionadas em saquinhos plásticos, pois a umidade pode favorecer que estraguem mais rápido, apresentando partes amolecidas. No caso dos pepinos, verifique se estão firmes, sem as pontas moles.

Frutas frescas

As frutas, em geral, são os itens mais caros dentre as hortaliças da feira. Vale olhar atentamente os preços em cada barraca e pechinchar. Nesse caso, a tabela de safra ajuda mais ainda. Em plena temporada de morangos, como agora, o preço cai bastante e dá para aproveitar a fruta em geleias, congelar, fazer sorvetes e sobremesas, etc.

O mesmo vale para melancia, mangas, figos, cerejasLaranjas e limões são fáceis de achar o ano todo, mas os preços podem variar bastante de acordo com a época. Escolha sempre as frutas mais firmes, sem pontos amassados, com fungos ou cortes profundos, isso evita que estraguem rápido e, também, evita contaminações.

No fim do ano, quando vai chegando o verão, é tempo de encontrar frutas como pêssegos, ameixas, uvas de vários tipos… Sempre preste atenção na casca, para evitar aquelas que estão muito machucadas ou amassadas. Evite também as moles demais, que indicam que já estão passando do ponto.

No caso de frutas como abacate, mamão, banana e abacaxi, vale sempre conversar com o feirante para pedir que indique as que estão no ponto que você deseja. Todas elas amadurecem com o tempo, mas se precisar de algo para o dia, de nada adianta comprar um abacate duro… No caso de pera e mamão papaia, evite os amassados e maduros demais, a menos que você vá usar no mesmo dia da compra, senão estragam muito rápido.

Só de falar de todos esses alimentos já me dá água na boca!

E aproveito para contar aqui uma novidade: este é meu último post do Menu do Dia. Foram quase 360 textos publicados, falando do que a gente mais gosta –comida, alimentação saudável e gastronomia.

Estou partindo em busca de outros horizontes e fico com o coração apertado de deixar meus leitores e leitoras tão queridos! Mas é uma nova fase para mim e, por isso, agradeço muitíssimo pela leitura atenta, pelas sugestões de pauta e pelo carinho dessa turma que, como eu, adora comer e beber bem, sem deixar de olho a vida saudável.

Agradeço também ao UOL por essa parceria de tantos anos e pela oportunidade de rechear este espaço com coisas e palavras tão gostosas.

A todas e todos, meu superobrigada! Sigo no Instagram, acompanhem as minhas novidades por lá.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a Autora

Luciana Mastrorosa é apaixonada por escrever, cozinhar e comer. Jornalista especializada em gastronomia e pesquisadora da área de alimentação, passou pelos principais veículos do país. Formada no Le Cordon Bleu Paris e Université de Reims Champagne-Ardenne, atualmente cursa o Mestrado em Nutrição Humana Aplicada, na Universidade de São Paulo. É autora do livro Pingado e Pão na Chapa - Histórias e Receitas de Café da Manhã (editora Memória Visual) e do e-book "Natal Feliz - 30 Receitas Incríveis para a Sua Ceia".

Sobre o Blog

Menu do Dia é o blog de culinária, receitas, gastronomia e nutrição, da jornalista e pesquisadora Luciana Mastrorosa. Aqui, você vai encontrar notícias, reflexões, receitas, degustações e muito mais sobre uma das melhores coisas da vida: comer.