Topo

Histórico

Categorias

Versátil, da maçã se aproveita até a casca! Veja diferentes usos da fruta

Universa

16/11/2019 04h00

Crédito: iStock

A maçã é uma das frutas mais versáteis de todas, adaptando-se a receitas salgadas e doces e ainda fonte de muitas vitaminas, minerais e fibras. Da fruta, se aproveita até a casca: rica em pectina, pode-se usá-la como espessante para geleias e compotas. Não por acaso, muitas receitas de geleias acabam agregando um pouquinho de maçã, especialmente quando a fruta principal da receita tem pouca pectina.

Existem vários tipos de maçãs, mais ácidas, mais doces, pequenas ou grandes. A maçã verde, também chamada de Granny Smith, é uma das mais indicadas para fazer tortas, pois tem uma acidez bastante pronunciada, que casa bem com o caramelo geralmente usado nesse tipo de preparo. Também fica saborosa no preparo de chutneys, molhos indianos perfumados com especiarias.

Mas nada impede que se usem outras variedades de época, como a nacional Gala (que está em plena safra a partir de agora) para usar em todo tipo de receita. Se pedir um pouco mais de acidez, basta corrigir com suco de limão. Abaixo, descrevo alguns usos diferentes ou corriqueiros para as maçãs. Aproveite o bom preço da fruta e use-a sem medo em todo tipo de receita –além de tudo, a maçã fresca, in natura, é um excelente lanche para crianças e adultos, e dura muito tempo sob refrigeração. Também é pouco calórica, podendo ser consumida por quem está em dietas de emagrecimento ou pobres em gorduras.

Usando a casca: pectina

Para fazer a pectina de maçã, você pode usar a fruta toda ou apenas as cascas e o miolo, com semente e tudo. Use cerca de 1 quilo de maçã (ou de cascas e miolos da fruta) para cada litro de água. Coloque tudo numa panela e ferva por cerca de 30 minutos. Então, coe o líquido num pano limpo usado apenas para isso (ou numa peneira), volte o líquido ao fogo e mantenha até ferver. Depois disso, guarde o líquido em vidros previamente esterilizados e mantenha em geladeira até a hora de usar. Você pode adicionar um pouco desse líquido quando for preparar as geleias, cerca de 1/2 xícara a 1 xícara de chá para cada meio litro de suco de fruta.

Mel de maçã? Sim

Para veganos ou não, o mel de maçã é uma delícia e pode ser usado em substituição ao mel de abelhas. A chef e escritora Alana Rox deu essa receita em seu primeiro livro, "Diário de Uma Vegana" (Editora Globo). Para prepará-lo, use 1 litro de suco feito com maçãs frescas, coado –é só batê-las com água ou extrair na centrífuga. Ferva o suco numa panela junto com 3 colheres de sopa de açúcar (ou açúcar de coco) e 1 colher sopa de suco de limão. Deixe ferver por 10 minutos. Então, abaixe o fogo e cozinhe por cerca de 45 a 50 minutos. Você obterá um líquido transparente e caramelado, que deve cobrir as costas de uma colher. Depois de frio, ele fica mais espesso. Pode ser conservado em geladeira, em potes de vidro esterilizados e bem fechados, por cerca de 15 dias.

Geleia, compota, em calda

Se você tiver apenas maçã e açúcar em casa, dá para fazer um doce muito gostoso e também saudável. Basta cozinhar as maçãs com um pouco de açúcar e água (se quiser mais azedinho, adicione um pouco de suco de limão) até as maçãs se dissolverem, formando uma geleia ou compota pedaçuda. Gosto de usar 1 quilo da fruta para meio quilo de açúcar. Fica ainda mais gostoso se for perfumado com canela, cravo, anis estrelado e outras especiarias. Se tiver maçãs pequeninas, bem ácidas e firmes, pode remover as cascas e cozinhá-las numa calda rala de açúcar com especiarias, inteiras, até ficarem macias, mas sem desmanchar. Depois de cozidas, deixe esfriar e sirva bem geladinhas, com sorvete ou creme batido.

Chutney e molhos

A maçã também fica excelente em preparos salgados ou agridoces. Os tradicionais chutneys indianos são um bom exemplo. O chutney de maçã pode ser feito com vinagre ou suco de limão, cebola e alho picadinhos, pimentão vermelho picado, pimenta dedo-de-moça, gengibre ralado, açúcar comum ou mascavo e muitas especiarias: canela, cravo, cardamomo, curry… Só colocar tudo numa panela e ferver até a maçã ficar macia, mas ainda pedaçuda. Se gostar, pode adicionar também uvas passas pretas ou brancas, sem sementes. É ótimo para acompanhar carnes.

Dá para fazer um molho agridoce também para os pratos de fim de ano, como peru e tender. Ferva o suco fresco de maçã com suco de limão, cebola raladas previamente dourada em um pouco de manteiga, um pouco de mel e folhas de hortelã. Deixe em fogo baixo até adquirir a textura de um molho grosso. Sirva quente ou frio (pode adicionar pimenta-do-reino ou dedo-de-moça picadinha, se quiser agregar picância).

Maçãs ao forno

Uma sobremesa rápida e simples, que as crianças adoram, é maçã assada. Para isso, retire o miolo das maçãs (pode manter a casca) e recheie esse miolo com uma mistura de manteiga e açúcar mascavo. Tempere com canela em pó, cubra com papel alumínio e mantenha em forno brando até a maçã ficar macia. Sirva quente, com um pouco de chantilly fresco ou sorvete de creme, com a caldinha que se formou na assadeira.

Tortas e bolos

Por sua textura, aroma e sabor, a maçã é uma fruta que combina muito com tortas e bolos, ou até mesmo como recheio para pães doces. Dá para incrementar um bolo branco, simples, com pedaços de maçã misturados à massa. Fica ainda mais gostoso se usar um pouco de farinha integral ou até farinha de rosca, que dará uma textura mais arenosa ao bolo. Como as maçãs combinam muito bem com especiarias, principalmente a canela e a noz-moscada, tempere os cubinhos da fruta com elas antes de juntar à massa. Outra combinação muito boa com maçãs são as massas amanteigadas de tortas. Pode fazer uma massa simples de torta e cobrir com um recheio de maçãs cruas temperadas com açúcar, suco de limão, canela e noz-moscada em pó e assar dessa forma. Ou então cozinhar as maçãs fatiadas em um caramelo de açúcar, até ficarem envolvidas por essa calda grossa. Deixe esfriar e cubra a massa da torta antes de levar ao forno. Fica incrível e é uma forma de aproveitar a fruta caso tenha comprado em grande quantidade. Nesses casos, prefiro usar as maçãs descascadas – guarde as cascas e os miolos para fazer pectina.

Sucos e infusões

Por fim, mas não menos importante: a maçã fresca é excelente para trazer doçura e corpo a sucos e vitaminas, seja combinada a outras frutas, legumes e verduras (com cenoura, beterraba e couve fica ótimo), seja pura ou batida com leite ou leites vegetais. Como a maçã já é docinha, não precisa nem adicionar açúcar. E, se gostar de tomar infusões e chás, use as cascas da maçã para perfumar preparos como chá verde, mate ou chá preto, ou ferva as cascas com água e especiarias e tome essa infusão quentinha. É uma delícia nos dias mais frios e outra forma inteligente de aproveitar tudo da fruta, sem desperdício.

Você gosta de maçã? Como prefere consumir a fruta? Conte para mim! Estou no Instagram, me adicione por lá.

Sobre a Autora

Luciana Mastrorosa é apaixonada por escrever, cozinhar e comer. Jornalista especializada em gastronomia e pesquisadora da área de alimentação, passou pelos principais veículos do país. Formada no Le Cordon Bleu Paris e Université de Reims Champagne-Ardenne, atualmente cursa o Mestrado em Nutrição Humana Aplicada, na Universidade de São Paulo. É autora do livro Pingado e Pão na Chapa - Histórias e Receitas de Café da Manhã (editora Memória Visual) e do e-book "Natal Feliz - 30 Receitas Incríveis para a Sua Ceia".

Sobre o Blog

Menu do Dia é o blog de culinária, receitas, gastronomia e nutrição, da jornalista e pesquisadora Luciana Mastrorosa. Aqui, você vai encontrar notícias, reflexões, receitas, degustações e muito mais sobre uma das melhores coisas da vida: comer.

Blog Menu do Dia