Topo
Blog Menu do Dia

Blog Menu do Dia

Categorias

Histórico

Canela ajuda a controlar a glicemia e tem ação antifúngica

Luciana Mastrorosa

2016-05-20T19:04:00

16/05/2019 04h00

Crédito: etienne voss/iStock

A canela é uma das especiarias mais antigas usadas pela humanidade. Há registros de seu uso na culinária para dar sabor, cor, aroma e ajudar na preservação dos alimentos há mais de 6 mil anos.

Em pau ou em pó, a canela pertence à família das lauráceas, a mesma do louro, e é comumente encontrada em duas versões: a canela do Ceilão, também chamada de canela verdadeira, de madeira mais quebradiça, e a cássia, ou canela da China, que é a que encontramos no Brasil, de madeira dura e enrolada sobre si mesma.

Além de ter um perfume amadeirado, doce e picante, a canela também tem efeitos positivos para a saúde. Estudos revelam que ela tem impacto sobre a glicemia, ajudando a manter as taxas de açúcar no sangue equilibradas, atuando como antioxidante e liberando efeito anti-inflamatório, anti-lipidêmico e antifúngico.

Como já contei aqui no blog anteriormente, a canela tem ainda propriedades termogênicas, ou seja, acelera o metabolismo, facilitando o emagrecimento. O consumo frequente, em pratos doces ou salgados, também ajuda a evitar a inflamação do organismo e contribui para diminuir a pressão arterial. Só não vale exagerar, especialmente se for gestante ou estiver amamentando: alguns estudos apontam que o consumo exagerado pode diminuir a produção de leite.

Usos da canela na cozinha

Em geral, a especiaria é associada ao preparo de doces e sobremesas, principalmente aquelas típicas das festas juninas que se aproximam, como arroz doce, canjica, curau e outros quitutes. De fato, fica deliciosa nesses preparos e em qualquer prato que leve coco, leite, milho e frutas. Peras e maçãs em calda combinam muito com o aroma e o sabor da canela, e bastam um ou dois pauzinhos para trazer perfume, cor e sabor à receita.

Mas ela também pode e deve ser usada em pratos salgados. Fica ótima em molhos de carne, carnes assadas, almôndegas, polvilhada sobre o molho branco, o creme de milho e de espinafre ou ainda no tempero de recheios de tortas e bolinhos. Gosto ainda de usar a canela em pau ou em pó para aromatizar cozidos de legumes, feijões e grãos, junto com uma folha de louro, ou ainda curries de frango e vegetais.

Se você curte tomar sucos e vitaminas pela manhã, adicione uma pitada de canela em pó para obter seus benefícios e trazer mais perfume e sabor para sua bebida.

Ao comprar a canela em pó, busque sempre por bons fornecedores, pois infelizmente ainda há muitas misturas ao comprar especiarias dessa forma. O melhor é comprá-la em pau e conservá-la em vidro tampado, longe da luz e em ambiente seco, para preservar o aroma. Ela dura bastante, mas descarte se, ao abrir o vidro, sair algum cheio de umidade ou mofo.

Você gosta de canela? Costuma usá-la em suas receitas? Conte para mim! Estou no Facebook e também no Instagram.

Sobre a Autora

Luciana Mastrorosa é apaixonada por escrever, cozinhar e comer. Jornalista especializada em gastronomia e pesquisadora da área de alimentação, passou pelos principais veículos do país. Formada no Le Cordon Bleu Paris e Université de Reims Champagne-Ardenne, atualmente cursa o Mestrado em Nutrição Humana Aplicada, na Universidade de São Paulo. É autora do livro Pingado e Pão na Chapa - Histórias e Receitas de Café da Manhã (editora Memória Visual) e do e-book "Natal Feliz - 30 Receitas Incríveis para a Sua Ceia".

Sobre o Blog

Menu do Dia é o blog de culinária, receitas, gastronomia e nutrição, da jornalista e pesquisadora Luciana Mastrorosa. Aqui, você vai encontrar notícias, reflexões, receitas, degustações e muito mais sobre uma das melhores coisas da vida: comer.