PUBLICIDADE

Topo

Busca um lanche saudável? Aposte em chips desidratados de frutas e raízes

Luciana Mastrorosa

11/06/2020 04h00

Crédito: iStock

Opções para o lanche não precisam ser as mesmas de todos os dias. Já pensou em provar os chips desidratados de frutas e raízes? Hoje em dia, são bem fáceis de achar, a granel ou em saquinhos, inclusive com a opção de serem apenas feitos com o ingrediente principal, ou seja, nada de frituras ou adição de gorduras, nem de sal.

Tem de tudo: banana, maçã, batata-doce branca e roxa, mandioca, pera… O interessante desses petiscos é que, como disse antes, são feitos no desidratador industrial, ou seja, apenas a água é retirada deles, concentrando o sabor (e, também, os nutrientes). Importante ficar atento na hora de comprar, pois alguns chips são fritos em imersão e adicionados de sal, o que pode trazer um teor de gordura e de sódio elevados.

Em termos nutricionais, as frutas e as raízes desidratadas são ricas em carboidratos e concentram também boa quantidade de fibras, vitaminas e minerais. Não é a mesma coisa que comer um fruta, o teor calórico é maior. Então, vale moderar nas porções, caso esteja preocupado com o peso.

A banana desidratada é rica em potássio. A maçã apresenta um boa quantidade de fibras insolúveis, o que favorece os intestinos. E as raízes, como batata-doce branca ou amarela e roxa, além das fibras, também trazem uma boa quantidade de antioxidantes, como carotenoides e antocianinas. Esses compostos agem preservando a saúde, em particular o sistema cardiovascular.

Dá para fazer em casa?

Sempre que vou ao mercado e vejo a quantidade de frutas e chips de raízes desidratadas, fico me perguntando se dá para fazer em casa, sem que seja necessário recorrer à fritura.

E a resposta é: até dá, em forno baixíssimo e por longo tempo. Mas meu forno, por exemplo, não oferece uma temperatura baixa o suficiente (abaixo de 100 graus) para desidratar as fatias de frutas e raízes sem torrá-las e a ideia não é deixá-las tostadas, mas, sim, secas.

Se quiser tentar em casa, corte frutas como banana, maçã e pera em fatias finas e pingue algumas gotinhas de limão sobre elas, para não ficarem pretas. Use, de preferência, um fatiador, para obter lâminas uniformes. No caso da maçã e da pera, pode ser com casca e tudo. Se quiser, polvilhe as fatias ligeiramente com açúcar, para concentrar ainda mais a doçura. Coloque-as numa assadeira antiaderente, sem empilhar, e leve-as para desidratar em forno baixo, cerca de 80 graus a 90 graus. O tempo é longo, cerca de 1 hora para cada lado (ou mais), mas verifique sempre para não deixar queimar.

Com raízes, como mandioca, batata-doce e batata, pode fazer lâminas bem finas e colocar numa assadeira, polvilhando-as com um pouquinho de sal. Pode untar a forma ligeiramente com óleo para que elas não grudem (alguns antiaderentes não funcionam tão bem quanto a gente gostaria –o mesmo vale para quando desidratar as frutas, se achar necessário). Mesmo com essa quantidade de óleo e sal, ainda assim, o acréscimo calórico e de sódio é bem pequeno, se compararmos com os chips fritos em gordura e salgados. Muito mais saudável e gostoso.

E, claro, se você tiver um desidratador em casa, dá para fazer experiências variadas, com outras frutas também. Tem gente que desidrata até caqui e beterraba!

Uma vez secos, esses chips duram bastante tempo, desde que sejam armazenados em pote bem fechado, longe de umidade e de calor. Podem ser consumidos puros, como lanchinho, ou adicionados a saladas, iogurte (no caso das frutas), na farofa, etc.

Você já provou chips de raízes e de frutas desidratados? O que achou? Conte para mim! Estou no Instagram, me adicione por lá.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre a Autora

Luciana Mastrorosa é apaixonada por escrever, cozinhar e comer. Jornalista especializada em gastronomia e pesquisadora da área de alimentação, passou pelos principais veículos do país. Formada no Le Cordon Bleu Paris e Université de Reims Champagne-Ardenne, atualmente cursa o Mestrado em Nutrição Humana Aplicada, na Universidade de São Paulo. É autora do livro Pingado e Pão na Chapa - Histórias e Receitas de Café da Manhã (editora Memória Visual) e do e-book "Natal Feliz - 30 Receitas Incríveis para a Sua Ceia".

Sobre o Blog

Menu do Dia é o blog de culinária, receitas, gastronomia e nutrição, da jornalista e pesquisadora Luciana Mastrorosa. Aqui, você vai encontrar notícias, reflexões, receitas, degustações e muito mais sobre uma das melhores coisas da vida: comer.