Topo
Blog Menu do Dia

Blog Menu do Dia

Categorias

Histórico

É época de manjuba: aproveite esse peixe pequenino rico em cálcio

Luciana Mastrorosa

12/10/2019 04h00

Crédito: iStock

Manjuba frita é uma delícia, tem gosto que lembra praia e dias de sol. Como é um peixe bem pequenino, medindo até cerca de 12 centímetros, dá para fritar inteiro, com espinha e tudo, depois de eviscerada e limpa. Preparada assim, fica crocante e muito saborosa, um acompanhamento perfeito para o trivial diário ou como petisco.

Apesar de pequenina, a manjuba ou manjubinha é rica em nutrientes. Fonte de proteínas e de gorduras de boa qualidade, principalmente ácidos graxos monoinsaturados e poli-insaturados, que beneficiam a saúde cardíaca, esse pescado também é abundante em minerais, sobretudo o cálcio e o fósforo, fundamentais para a saúde dos ossos e dentes, mas também o potássio, que favorece os hipertensos. Apresenta ainda um bom teor de magnésio, que contribui para o metabolismo, e um pouco de ferro, que combate a anemia, e de zinco, que favorece o sistema imune.

A boa notícia é que, de agora até dezembro, a manjuba está em alta. É o momento ideal para comprar esse peixe a um bom preço e no auge do frescor. Veja abaixo algumas sugestões de preparo para ir além da fritura:

Como usar a manjuba na cozinha

A carne da manjuba tem um sabor delicado e, por ser um peixe pequeno, é preciso ter cuidado com o preparo para que não desmanche ou quebre. Na hora de comprar, verifique se o odor está agradável (não pode ter cheiro de amônia nem um odor muito forte e enjoativo, mas sim um leve aroma de mar, o que indica frescor). Repare também nos olhos do peixe, que não podem estar afundados, e na textura e firmeza da carne: peixes moles demais, cuja carne afunda quando é tocada, podem já estar começando a estragar.

Em termos culinários, o preparo imbatível para a manjubinha é mesmo a fritura. Limpa, bem temperada com sal, pimenta, gotas de limão e um tantinho de alho, se gostar, deve ser passada na farinha de trigo antes de ser levada ao óleo bem quente. Para garantir uma fritura sequinha, troque o óleo sempre que estiver sujo, controle o fogo para não queimar o óleo e escorra o peixe em papel absorvente antes de servir. Fica uma delícia com molhos frescos, como o de tomates crus com azeite e manjericão, molho de iogurte, de mostarda e mel, ou até mesmo um tártaro feito com alcaparras, picles bem picadinho e um pouco de maionese. Pode também servir com fatias de limão, para pingar algumas gotas antes de comer, ou com um bom molho de pimenta artesanal.

Assim como as sardinhas, as manjubinhas também ficam gostosas se preparadas ao forno. Nesse caso, o importante é garantir que elas estejam em contato com ingredientes que soltam líquidos, como fatias de tomate, rodelas de cebola, ervas frescas e muito azeite de oliva para deixar o preparo bem úmido e saboroso. Gosto de temperar com um pouco de vinagre, suco de limão ou vinho branco, para trazer um pouco de acidez, mais sal e pimenta-do-reino ou rodelas de pimenta dedo-de-moça, além de ervas como o orégano e o tomilho. Deixe em forno baixo, por cerca de 20 minutos, até a carne cozinhar e o aroma começar a se desprender. Preparadas dessa forma, podem ser servidas quentes ou frias, acompanhadas de fatias de pão fresco. Uma delícia! Também vale fazer uma cama de alho-poró fatiado para acomodar as manjubinhas em cima, numa assadeira rasa, antes de levá-las ao forno.

Ficam muito gostosas cobertas com molho de tomate pedaçudo e ramos de manjericão fresco. Se optar pelo preparo dessa forma, use uma assadeira e leve ao forno ou acomode os peixinhos numa panela grande, cobrindo com o molho. Mantenha no fogo baixo por tempo suficiente para a carne cozinhar e sirva como acompanhamento para massas na manteiga ou alho e óleo ou mesmo pão italiano ligeiramente tostado. Cai bem nos dias quentes ou frios e combinam muito com a happy hour ou o petisco com os amigos durante o fim de semana.

Você gosta de manjubinha? Como costuma preparar esse peixe? Conte para mim! Estou no Instagram, me adicione por lá.

Sobre a Autora

Luciana Mastrorosa é apaixonada por escrever, cozinhar e comer. Jornalista especializada em gastronomia e pesquisadora da área de alimentação, passou pelos principais veículos do país. Formada no Le Cordon Bleu Paris e Université de Reims Champagne-Ardenne, atualmente cursa o Mestrado em Nutrição Humana Aplicada, na Universidade de São Paulo. É autora do livro Pingado e Pão na Chapa - Histórias e Receitas de Café da Manhã (editora Memória Visual) e do e-book "Natal Feliz - 30 Receitas Incríveis para a Sua Ceia".

Sobre o Blog

Menu do Dia é o blog de culinária, receitas, gastronomia e nutrição, da jornalista e pesquisadora Luciana Mastrorosa. Aqui, você vai encontrar notícias, reflexões, receitas, degustações e muito mais sobre uma das melhores coisas da vida: comer.

Blog Menu do Dia